quinta-feira, 17 de abril de 2014

COELHINHOS FOFOS

Boa tarde,

gente adoro a páscoa, não só pelo significado bíblico, mas também pelos deliciosos ovos de chocolate e os coelhinhos, minha paixão. Tenho muitos coelhos de pelúcia até o ponto de não ter mais lugar para guardar.
Por isso agora fico só nas imagens lindas de coelhinhos. Selecionei alguns para vocês salvarem ou enviarem para amigos.





 













segunda-feira, 14 de abril de 2014

VIVA A AMIZADE

Bom dia,

olha que história linda.



Depois de perder os pais. Esse orangotango de três anos de idade estava tão deprimido que se recusava a comer e não respondia muito bem aos tratamentos e remédios. Os veterinários achavam que ele iria se entregar à morte. O velho cão foi encontrado perdido nos arredores do zoológico, e quando levado para dentro da sala de tratamento, se encontrou com o orangotango, e os dois se tornaram amigos inseparáveis desde então.  


 O orangotango encontrou uma nova razão para viver e
 se esforça ao máximo para fazer seu novo amigo acompanhá-lo em suas atividades
 Eles vivem no norte da California , e a natação é o esporte favorito de ambos, 
embora Roscoe (o cachorro) ainda tenha um pouco de medo da água e precise 
da ajuda do amigo para atravessar a nado.



 

 Eles passam o tempo todo juntos e podemos ver, pelos sorrisos e risadas, o quanto são felizes.

 Juntos descobriram o lado engraçado da vida e o valor da amizade.
 Encontraram mais do que um ombro amigo para debruçar...

Saber Viver
(CoraCoralina)

Não sei... Se a vida é curta
Ou longa demais pra nós,
Mas sei que nada do que vivemos
Tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita,
Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo,
É o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
Não seja nem curta,
Nem longa demais,
Mas que seja intensa,
Verdadeira, pura...
Enquanto durar.






sábado, 12 de abril de 2014

BOM FINAL DE SEMANA

Bom dia,

já coloquei as lindas telas de Alfredo Rodrigues anteriormente, um pintor nascido no México e que mora na Califórnia, suas pinturas western encantam o mundo, elas combinam bem com o final de semana, onde predominam o ambiente em família e o encontro com a natureza.





 Desejo a todos um final de semana cheio de alegrias e esperança em dias muito melhores.

segunda-feira, 7 de abril de 2014

UM LINDO POEMA PROCÊS

Bom dia,

vamos ler um bucadinho hoje?


AS MINEIRAS (CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE)

"O sotaque das mineiras deveria ser ilegal, imoral ou engordar, já que tudo que é bom, tem um desses horríveis efeitos colaterais, como é que o falar lindo e charmoso ficou de fora? Por que Deus, que sotaque! Mineira devia nascer com uma tarja preta avisando: Ouvi-la faz mal a saúde.


 Confesso: esse sotaque me desarma. Certa vez, quase propus casamento a uma mineira que me ligou por engano. Elas tem um ódio mortal das palavras completas, preferem, sabe-se lá por que abandoná-las no meio do caminho.
Os não-mineiros, ignorantes nas coisas de Minas, supõem, precipitada e levianamente, que os mineiros vivem

apenas de uais, trens e sôs. 
 
Mineira não fala que o sujeito é competente, ele é bom de serviço. Nunca usam o famosíssimo tudo bem. Sempre perguntam "Ce tá boa?" Pra mim, isso é pleonasmo, perguntar se uma mineira ta boa é desnecessário.
O verbo mexer, para as mineiras tem amplos significados, quer dizer por exemplo, trabalhar. Se lhe perguntarem: "Com o que q o ce mexe?", querem saber o seu oficio. Mineiras não dizem "apaixonado por". Dizem, sabe-se lá por que, "sou doida com ele" (ele, no caso, pode ser você, um carro, um cachorro). Elas vivem apaixonadas "com" alguma coisa. Também não gostam do verbo conseguir, aqui você nunca consegue nada, você não da conta. Que mineiras nunca acabam as palavras todo mundo sabe. 

 
E um tal de bunitim, fechadim, pititim. Não caia na besteira de esperar um "vamos" completo de uma mineira, vc não ouvirá nunca.
Preciso avisar a língua portuguesa que gosto muito dela, mas prefiro, com todo respeito, a mineira. Aqui certas regras não entram. O supermercado nunca tá lotado, sempre tá cheio de gente, não faz muitas compras, compra um tanto de coisa. Se, saindo do supermercado, a mineirinha vir um mendigo e ficar com pena, suspirará: Ai, gente, que dó. É provável que a essa altura o leitor já esteja apaixonado pelas mineiras.

 Mineiro não arruma briga, caça confusão.
Capaz... Se você propõe algo e ela diz: capaz!! Vocês já ouviram esse "capaz"? É lindo. Quer dizer o quê? Sei lá, quer dizer "ce acha que eu faço isso"? com algumas toneladas de ironia... E o "nem", já ouviu?? Completo ele fica: "Ahhh nemmmm!" Significa amigo, que a mineira não vai fazer o q vc propos de jeito nenhum.

Sou, não nego, suspeito. Minha inclinação é para perdoar, com louvor, os deslizes vocabulares das mineiras. Mineira não pergunta, vc não vai? A pergunta mineiramente falando e: "Ce não anima de ir?". O plural, então, é um problema. Um lindo problema, mas um problema. Se vc em conversa falar "Fui lá comprar umas coisas.", a mineira retrucara: " Ques coisa?" O plural dá um pulo, sai das coisas e vai para o que. A fórmula mineira é sintética. E diz tudo. Até o "tchau" em Minas é personalizado.
Ninguém diz tchau pura e simplesmente. Aqui se diz: "tchau procê", "tchau procês".  É útil deixar claro o destinatário do tchau. A conjugação dos verbos em Minas têm lá seus mistérios.... LINDOS mistérios."




sábado, 5 de abril de 2014

BOM FINAL DE SEMANA

Bom dia,

oiê, ufa achei que essa semana não ia acabar nunca, estava doida para chegar hoje.  Êbaaaaaaaaaaaaaaaaa  e chegou. Descobri que um ônibus super confortável que vem de BH e vai para uma cidade distante passa em minha cidade, ele é caro, mas de vez em quando vou me dar ao luxo.
Nada como a inocência e a curiosidade de uma criança.
 Final de semana é sinônimo de descanso, nada como ficar deitada pensando na vida, no amor e no almoço delicioso que vai sair daqui a pouco. Estão servidos?

segunda-feira, 31 de março de 2014

CHAPÉUS DE MAMI

Bom dia,

minha mãe está na fase de fazer chapéus, ela adora tricotar e me surpreende muitas vezes com um modelo fofo.
 Esse da foto é o último que ela fez e já encomendei o meu.
 O laço pode ser amarelo, bege escuro e até de uma cor mais viva.
Aqui estão os coloridos, ela usa a linha barroca que tem uma grande variedade de tons.
Esse é bem alegre e ótimo para ser usado na praia.
O azul é delicado e lindo.
Esse ficou bem diferente.
Outro tom mesclado.

Ela também faz bolsas combinando com os chapéus e se diverte com a confecção dos mesmos. Depois farei um post com as bolsas. É sempre bom estar com a mente e mãos ocupadas para garantir uma vida longa e feliz.