quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

CORA CORALINA

Bon Diorno,


recebi esse texto e amei.
Vejam só:
Um repórter perguntou à Cora Coralina o que é viver bem.
Ela lhe disse:


"Eu não tenho medo dos anos e não penso em velhice.
E digo prá você, não pense.
Nunca diga estou envelhecendo, estou ficando velha. Eu não digo.
Eu não digo estou velha, e não digo que estou ouvindo pouco.
É claro que quando preciso de ajuda, eu digo que preciso.

Procuro sempre ler e estar atualizada com os fatos e isso me ajuda a vencer as dificuldades da vida.
O melhor roteiro é ler e praticar o que lê.


O bom é produzir sempre e não dormir de dia.
Também não diga prá você que está ficando esquecida, porque assim você fica mais.
Nunca digo que estou doente, digo sempre: estou ótima.

Eu não digo nunca que estou cansada.
Nada de palavra negativa.



Quanto mais você diz estar ficando cansada e esquecida, mais esquecida fica.
Você vai se convencendo daquilo e convence os outros. Então silêncio!
Sei que tenho muitos anos.

Sei que venho do século passado, e que trago comigo todas as idades, mas não sei se sou velha, não.
Você acha que eu sou?
Posso dizer que eu sou a terra e nada mais quero ser.

Filha dessa abençoada terra de Goiás.
Convoco os velhos como eu, ou mais velhos que eu, para exercerem seus direitos.

Sei que alguém vai ter que me enterrar, mas eu não vou fazer isso comigo.
Tenho consciência de ser autêntica e procuro superar todos os dias minha própria personalidade, despedaçando dentro de mim tudo que é velho e morto,pois lutar é a palavra vibrante que levanta os fracos e determina os fortes.
O importante é semear, produzir milhões de sorrisos de solidariedade e amizade.
Procuro semear otimismo e plantar sementes de paz e justiça.

Digo o que penso, com esperança.


Penso no que faço, com fé. Faço o que devo fazer, com amor.
Eu me esforço para ser cada dia melhor, pois bondade também se aprende.
Mesmo quando tudo parece desabar, cabe a mim decidir entre rir ou chorar, ir ou ficar, desistir ou lutar; porque descobri,no caminho incerto da vida, que o mais importante é o decidir."

(Cora Coralina)






Batiotiôs.

11 comentários:

  1. Meire,
    e como não admirar ainda mais Cora Coralina??
    Realmente incrível!!

    Uma boa quarta-feira!!

    Beijinhos,
    Carol
    www.umblogsimples.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Meire,
    Obrigada por este texto lindo! Saboreei cada letrinha do que Cora Coralina escreveu, ainda mais pq nos últimos tempos ando doentinha (nada grave) e muito reclamenta (isto sim é grave).
    Beijos 1000 e uma 4ª-feira maravilhosa para vc.

    www.gosto-disto.com

    ResponderExcluir
  3. Que testo legal, hein!? Adorei ;)
    Ok vou esperar seu banner então!
    Bjs :)

    ResponderExcluir
  4. Olá Meire

    Adorei, principalmente a parte que faz referência a não fazer afirmações negativas.
    Uma ótima 4º feira à vc...

    BJ000000000................
    www.amigadamoda1.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Meire!

    Uma delícia de ler esse texto! A Cora por pensar assim era uma pessoa abençoada!

    Te convido a conhecer o meu bloguinho!

    Beijão!

    izabellaniquito.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Cora Coralina era doceira de profissão e escritora nas horas vagas.
    Acho que se lambuzou nos seus doces pois seus escritos não tem o fel dos amargurados.
    Como uma doceira só faz coisas gostosas, achou de escrever sobre o amor e a ternura.
    E existe melhor sabor na vida ?!
    Um punhado de melado pra vc.
    Angela.

    ResponderExcluir
  7. Que lindo texto. Quero ser assim um dia...

    ResponderExcluir
  8. que lindo
    Obg pela visita lá no nosso blog, pode voltar sempre que quiser ok? Bjs, Nícia.

    ResponderExcluir
  9. Adoramos o seu blog,é maravilhoso e sempre estamos por aqui conferindo todas as novidades.
    Super beijos da Glorinha.
    Para ajudar a melhor posicionar o seu blog,clicamos no google +1
    http://sbrincos.blogspot.com

    ResponderExcluir